Cotidiano Masculino

Posts tagged dieta

Corpo e Bem Estar

Álcool e dieta combinam?

Quando o tema é dieta muitas dúvidas surgem. A pergunta que muitos fazem é se é permitido tomar vinho ou qualquer outra bebida alcóolica, ou se não pode beber absolutamente nenhuma bebida que seja alcóolica.

Para tirar esta dúvida eu entrei em contato com o médico Theo Webert, da clínica Corpometria, que atua em reequilíbrio corporal, para dizer de uma vez por todas se álcool e dieta combinam ou não.

O álcool por ser facilmente absorvido pelo nosso corpo, o excesso pode causar aumento de peso. Além de inchar o corpo, as calorias causam efeitos ruins para o metabolismo corporal, mesmo em pequenas quantidades.

Segundo Webert, a presença de álcool no corpo diminui a queima de gorduras em até 70% abaixo do normal. “Isso porque o corpo passa a utilizar o álcool como fonte de energia ao invés da gordura corporal, o que dificulta muito a perda de peso”.

Vale ressaltar que o consumo do álcool resulta em desidratação do organismo, por isso é super importante tomar água intercalando com a bebida alcóolica.

Tá, mas mesmo sabendo que dieta e álcool não combinam, não consigo ficar sem beber nada alcóolico no fim de semana ou quando vou para a balada. Qual a bebida menos calórica?

Se for inevitável o consumo de álcool, o médico indica que você de preferência ao gim, que é considerada uma das bebidas com menor impacto negativo no organismo.

Na sequência, vodka e, por último, whisky e cerveja. “No dia seguinte da bebedeira, seu organismo passa por um processo de muita fome, o que também facilita o ganho de peso, e quanto mais você tenha bebido no dia anterior, maior será esse apetite”.

Portanto é preciso ficar atento no que está bebendo, mas também nos petiscos que acompanham as bebidas. Tudo isso irá interferir no resultado da sua dieta, independente de você praticar exercícios físicos ou não.

Tá de dieta? Então é melhor pensar duas vezes antes de consumir alguma bebida alcóolica! 😉

Corpo e Bem Estar

Diet, light ou zero: qual o produto ideal para você?

As pessoas estão cada vez mais preocupadas em manter a boa forma. Devido a isso, muitos acabam comprando produtos diet, light e zero no supermercado, sem ao menos saber as principais diferenças entre eles.

Esses produtos causam muitas dúvidas. Por isso conversei com a Filomena Benfattifiz, que é formada em engenharia de alimentos, e fiz esse post para você entender quais são as principais diferenças e qual é o mais adequado para cada caso 😉

Diet

Os produtos diet apresentam modificações especiais para se adequar a diferentes dietas ou necessidades metabólicas, como diabetes, hipertensão, etc. São os produtos que se destinam a pessoas com algum tipo de doença que as obrigam a controlar ou mesmo suprimir a ingestão de algum nutriente normalmente presente na dieta. Um produto diet em açúcares, pode não ser o mais indicado para perda de peso, uma vez que pode ser mais calórico que os produtos convencionais. É importante neste caso ver quantas calorias a porção daquele alimento vai proporcionar e compará-la com o alimento convencional.

Light

O alimento light possui uma redução mínima de 25% das calorias ou de algum nutriente em relação ao original, como gordura, açúcares ou sódio. Seu consumo é indicado para pessoas que precisam reduzir o teor destes elementos na alimentação. Para quem tem como foco o emagrecimento, é importante se atentar aos rótulos, pois a redução calórica pode ser muito pequena em alguns alimentos. Um bom exemplo são alguns pães light que, apesar de apresentarem um teor reduzido de gorduras, são quase tão calóricos quanto os tradicionais.

Zero

Já o produto zero indica o alimento com restrição ou isenção de algum nutriente em comparação com a versão tradicional. Para existir a alegação de, por exemplo, “Zero Açúcar” o produto pode apresentar no máximo 0,5 gramas de açúcar em 100 gramas do alimento pronto para o consumo. Os produtos sem adição de açúcar (sacarose) podem conter açúcares normalmente presentes nos outros ingredientes como a lactose (presente no leite), a frutose presente em frutas e outros mono e dissacarídeos presentes naturalmente nos ingredientes utilizados na fabricação do produto.

Vale ressaltar que é super importante manter o acompanhamento de um nutricionista e o mais importante do que conhecer as principais diferenças entre os produtos é saber consumi-los, fazendo com que atendam às necessidades de cada um 😉

Corpo e Bem Estar

Como emagreci 10 quilos em 2 meses

Ultimamente tenho lido muitos comentários nas minhas fotos dizendo “Nossa, como você está magro!”, “Que dieta você fez?”, “Emagreceu heim?!”. Sim, isso de fato aconteceu!

No início de julho fui atrás de um nutricionista esportivo com o objetivo de reeducar a minha alimentação e melhorar o meu desempenho na academia.

Após uma série de exames, o nutricionista passou um treino e dieta específica para o meu corpo.

Foram 2 meses seguindo rigorosamente a dieta que era super restrita. Tive que cortar todos os carboidratos da minha alimentação, pois os carboidratos transformam-se em açúcares durante a digestão, aumentando a taxa glicêmica, ou seja, contribuem para o ganho de peso.

As minhas refeições principais se resumiam em: frango, peixe e brócolis. As refeições menores – café da manhã, lanche da tarde e ceia – eram compostas por farinhas (chia, linhaça e aveia), amêndoas, peito de perú e claras de ovo.

Doces? Nem pensar! O único dia que estava ‘liberado’ comer doces era no day off, mais conhecido como o dia de comer porcaria.

Mas lógico que não podia comer tudo o que queria. Mesmo no day off era preciso ter cautela e foco. Sem abusos!

Outra coisa que não podia de jeito nenhum era refrigerante e bebidas alcoólicas.

Confesso que não foi nada fácil resistir as tentações, mas o resultado é compensador.

Dá só uma olhada no antes e depois:

Agora tem outro grande desafio pela frente que é continuar se alimentando da maneira correta – de três em três horas – e focar no próximo objetivo: ganhar massa magra.

Se você tem um objetivo, tenha foco e força de vontade que você alcançará e se surpreenderá! E lembrem-se que quando o assunto é dieta e atividade física é muito importante ter o acompanhamento de um nutricionista e de um profissional de educação física junto.

Em breve volto com mais detalhes da minha rotina saudável! 😉

Provei

Provei: doces sem açúcar Linea

Quando o assunto é doce sem açúcar a primeira coisa que pensamos é “coisa boa não deve ser”. Eu mesmo sempre tive preconceito com esse tipo de produto, até mesmo porque gosto de doces bem doces, aqueles com muito chocolate e chantily.
Mas será que esses doces sem açúcar, que a cada dia que passa vem fazendo mais sucesso, são bons? Foi por isso que resolvi experimentar e acabar de vez com essa dúvida! Doce sem açúcar é bom ou não é?

Recentemente recebi um kit da marca Linea com doces que vão desde cookies recheados à barras de chocolate.
Os produtos destacam na embalagem que são sem açúcar, sem glúten e sem gorduras transConfesso que provei sem grandes espectativas, mas acabei me surpreendendo!

O cookie de castanhas e chocolate é super crocante e a barra de chocolate ao leite, sério … é muito parecido com os chocolates tradicionais que contém açúcar. Se eu tivesse comido de olhos vendados, jamais descobriria que não contém açúcar. O sabor é realmente muito parecido com um doce normal!

Outra coisa que chamou muito a minha atenção foi a variedade de sabores. Tem para todos os gostos! Inclusive esse creme de avelã com cacau que dá para usar com frutas e transformar em uma bela sobremesa!

E sabe o que é melhor de tudo? Poder comer sem culpa!
Se você está fazendo dieta e não pode consumir açúcar, esta é uma ótima opção!

O único ponto negativo é que estes produtos são um pouco mais caros que os tradicionais. Mas ao meu ver, vale a pena! 😉

Assim que eu provar novos produtos, compartilho aqui com vocês!

Corpo e Bem Estar / Provei

5 sobremesas fitness para não estragar a dieta

As pessoas estão cada dia mais se preocupando em manter uma alimentação saudável e praticar exercícios físicos. Quando o assunto é alimentação saudável, o grande vilão acaba sendo os doces em geral.
O grande desafio é resistir a tantas tentações e manter o foco, mas às vezes a vontade fala mais alto e acabamos comendo um chocolatinho aqui e outro docinho alí, não é mesmo?

Para você não cometer mais esses ‘deslizes’, separei algumas dicas que o nutricionista esportivo Waltão Abreu me passou para matarmos a vontade de comer doce, sem sair da dieta.

Cupcake de Chocolate

Ingredientes:

1 ovo inteiro
1 dose de Whey Protein de Chocolate
1 colher de sopa de manteiga sem sal
1 colher de água
40g de farinha de aveia
1/2 xícara de iogurte desnatado

Modo de preparo:

Bata todos os ingredientes no liquidificador e coloque em uma caneca em seguida. Leve ao forno micro-ondas por aproximadamente um minuto e meio. É super simples! Só tome cuidado para não encher demais a caneca com a massa para não vazar enquanto estiver sendo aquecida.

 

Mousse Proteico de Morango

Ingredientes:

300gr de queijo cottage;
1/2 xícara de leite desnatado;
1/2 xícara de água quente;
1 pacote de gelatina diet de morango;
1 scoop de whey de morango ou baunilha;
9 morangos.

Modo de preparo:

Dissolver a gelatina na água quente, colocar todos ingredientes no liquidificador, bater até ficar bem cremoso e colocar para gelar até ficar na consistência de mousse.
Rendimento 3 porções : 20g de proteína por porção!

 

Brigadeiro de Colher

Ingredientes:

1 colher de sopa de leite desnatado
1 colher de sopa whey protein sem açúcar sabor chocolate ou sem sabor
1 colher de sopa de leite de coco
1 colher de sopa cacau em pó
1 colher de chá de adoçante para forno e fogão
1 colher de chá rasa de óleo de coco

Modo de preparo:

Misture todos os ingredientes em uma panela pequena ou em uma caneca. Leve ao micro-ondas por 30 segundos na potência máxima. Retire, mexa e repita a operação. Na terceira tentativa, se a consistência ainda não estiver adequada, diminua o tempo para 15 segundos.
Além de saciar a vontade do doce, é fonte de antioxidantes, gorduras boas e tem boa quantidade de proteína.

 

Pipoca sem Óleo

Ingredientes:

5 colheres de sopa de milho para pipoca
5 colheres de sopa de água
Sal à gosto

Modo de preparo:

Você vai precisar de um recipiente de vidro alto e de papel filme plástico.
Coloque o milho, a água e o sal no recipiente, misture e cubra com o plástico. Com uma faca, faça uns quatro furinhos no papel filme plástico para o vapor da água poder sair. Aí é só levar ao micro-ondas em potência máxima. O tempo vai variar de acordo com a potência do seu aparelho, mas deve ficar pronto em torno de 5 ou 6 minutos. O ideal é ficar de olho no intervalo entre um estouro e outro, quando estiver demorando muito, desligue para não queimar as pipocas que já estouraram.
Mais simples do que isso, não existe! Agora é só escolher o filme e boa diversão! 😉

 

Chocolate Quente

Ingredientes:

1 copo de leite desnatado
1 colher de sopa cheia de cacau em pó 100% sem açúcar.
1 colher rasa de amido de milho (maisena)
1 colher de adoçante em pó

Modo de preparo:

É só misturar todos os ingredientes em um copo e levar para o fogo até o ponto de fervura. Muito fácil!

 

Espero que tenham gostado das dicas! Assim que eu experimentar novas receitas, compartilho com vocês 😉

Corpo e Bem Estar

Minha nova rotina saudável: dieta e treino

Há 1 mês fiz consulta com um nutricionista esportivo para reeducar a minha alimentação. A ideia desde o início foi ter o acompanhamento de um profissional para me orientar sobre alimentação e treino para que eu conseguisse atingir os meus objetivos na academia. O meu foco principal é reduzir gordura corporal e, daqui alguns meses, ganhar massa muscular.

“Nossa, mas você não precisa disso!” – Sim, eu preciso. Tenho uma “barriguinha de chopp” que não me agrada e isso não é normal para uma pessoa que frequenta a academia 5 vezes por semana. E sabe quem são os grandes culpados disso tudo? A má alimentação e o consumo de bebidas alcoólicas.

Agora que tenho o acompanhamento de um nutricionista e estou tendo uma alimentação saudável, pude ver a diferença que isso faz.

Não vou compartilhar a minha dieta com vocês, pois varia de pessoa para pessoa. O ideal é sempre ter o acompanhamento de um profissional para ver qual é a dieta mais apropriada para o seu corpo e para o objetivo que você busca alcançar.

Mas já adianto vocês que estou preparando uma série de posts com dicas de treinos e receitas fit para ajudar a manter a boa forma.

Daqui alguns meses compartilharei algumas fotos do ANTES e DEPOIS para vocês verem a diferença!

Lembrem-se de uma coisa: é possível ter o corpo dos seus sonhos. Basta ter foco e determinação!

Lançamentos / Provei

PROVEI: belVita Yogo

Muitas pessoas já tinham comentado comigo sobre essa bolacha, mas eu ainda não tinha experimentado. A belVita Yogo é uma bolacha integral com cereais e o melhor de tudo: recheada com iogurte.

Recentemente recebi um kit com os sabores Iogurte com Pêssego e Iogurte e Mel, e vim aqui compartilhar com vocês a minha opinião sobre o produto. Vamos ao o que interessa!

Na hora que abri a caixinha, confesso que me decepcionei um pouco. Cada caixinha vem com apenas 3 bolachas cada. Na minha opinião deveria vir mais produto, no mínimo 5 bolachas.

A embalagem é ótima! Super prática, fácil de levar para o trabalho, faculdade ou até mesmo para a academia.

Agora é hora de falarmos da bolacha. Ela é realmente gostosa? Vem com bastante recheio?

A resposta para ambas as perguntas é SIM!

Eu sempre tive um certo preconceito com bolachas integrais por conta do sabor não chegar aos pés das originais, mas esta é ótima!

Ela vem com bastante recheio e o sabor não é enjoativo.

Se você está de dieta e não consegue ficar sem comer bolachas doces, esta é uma boa alternativa.

Espero que futuramente eles lancem novos sabores 🙂

Corpo e Bem Estar

7 dicas para não assaltar a geladeira à noite

Esse post é especial para todos que, assim como eu, adora assaltar a geladeria à noite. Tem coisa melhor do que pegar alguma coisa pra beliscar  quando estamos assistindo tv? Seja filme, seriado ou novela, qualquer programa fica mil vezes melhor quando está acompanhado de um lanche, refrigerante ou até mesmo pizza, não é mesmo? Mas de vez em quando é preciso deixar a mente e os hábitos de gordinho pra não prejudicar a saúde.

Por isso vou compartilhar algumas dicas da nutricionista Mônica Inez de como deixar de lado a vontade de assaltar a geladeira à noite. Papel e caneta na mão? Vamos lá!

1. Nunca durma com fome

Cama e estômago vazio não combinam! Isso só irá prejudicar o seu sono e aumentar ainda mais as chances de você acordar de madrugada pra atacar a geladeira. O ideal é comer alimentos leves ao invés de ficar sem comer nada. Boas opções são uma fruta ou torrada integral.

2. Diga não aos carboidratos

Após às 18h é muito importante evitar biscoitos, doces, arros, batata, pão e massas. Esses alimentos possuem grande quantidade de calorias para consumir à noite. Nesse horário o metabolismo do corpo tem uma grande recaída, o organismo funciona mais lentamente e a queima de energia é pequena. O ideal é combinar uma carne magra (boi, peixe ou ave) e uma porção de legumes e verduras à vontade.

3. Se está sem fome, não coma

A verdade é que nem sempre estamos com muita fome à noite, mas sempre acabamos enchendo o prato de comida por gordice. Comer mais do que estamos com vontade é um erro fatal, especialmente na hora do jantar. É muito importante controlar a quantidade e a qualidade dos alimentos consumidos.

4. Substitua os alimentos

Se você puder evitar os carboidratos à noite, substitua-os por alimentos que possuem nutrientes importantes. Sopa de legumes é uma ótima opção! Se quiser pode consumir um copo de leite semidesnatado ou até duas fatias de queijo branco.

5. Opte por integrais

Você é louco pra comer pão à noite? Então dê preferência para os integrais e os que têm grande quantidade de fibras. Desse jeito você ficará mais satisfeito e com menos fome.

6. Faça outras refeições durante o dia

Quer ficar sem fome na parte da noite? Coma frutas ou até mesmo barrinhas de cereais nos intervalos entre as refeições. Desse jeito o corpo irá perceber que está sendo constantemente alimentado e você não sentirá tanta fome na parte da noite.

7. Sem guloseimas

Essa é a parte mais difícil! Deixar de lado as guloseimas não é nada fácil, não é mesmo? Uma dica para controlar a vontade de comer doces e salgadinhos é comer cenoura crua, cortada em rodelas ou em palitos. Algumas marcas já vendem em saquinhos super práticos no supermercado. Não é nenhum Doritos, mas dá pra quebrar o galho!

 

Anotou todas as dicas? Agora é só por em prática! 😉